Quem tem pele negra está mais protegido da ação nociva da radiação solar e menos propenso a queimaduras, rugas e câncer de pele. Apesar da resistência natural ao sol e aos efeitos do envelhecimento, a pele negra é mais suscetível a manchas. Essa tendência é causada pela alta concentração de melanina. Qualquer processo inflamatório ou que cause irritação pode gerar o escurecimento da pele. Para evitar as manchas, a prevenção é o melhor remédio. Além do protetor solar, podem ser indicados para tratamento em casa produtos compostos por vitamina C, ácido kójico e outras substâncias. Na clínica dermatológica, o laser fracionado é uma boa opção.