Quem tem melasma sabe que o sol é o principal desencadeador das manchinhas amarronzadas. Por isso, o protetor solar é obrigatório em qualquer estação. As versões com cor de base, desde que aplicada uma camada espessa, promovem uma barreira física na pele. Com isso, além de disfarçar as manchas, impedem a passagem da luz solar através da epiderme, evitando o estímulo à produção de melanina. Além de aplicar protetor solar tópico, é indicada também a proteção oral, que previne e corrige os danos da exposição solar por meio da neutralização dos radicais livres relacionados à agressão da pele pela luz. Mas, se não deu para prevenir, vamos partir para o tratamento. Procedimentos como luz pulsada, laser e microagulhamento são capazes de melhorar a textura e uniformizar a cor da derme.